DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • A mulher e a mula, o pau as cura.
  • A mulher e a ovelha, com o sol à cortelha.
  • A mulher e a pega falam o que dizem na praça.
  • A mulher e à pera, a que cata é (a) boa.
  • A mulher e a sardinha, a pequenina (o. pequenininha).
  • A mulher e a sardinha, nem da maior nem da mais pequenina.
    var] A mulher e a sardinha, quanto maior, mais daninha.
  • A mulher e a seda, de noite à candeia.
  • A mulher e a vaca busca atrás da casa.
  • A mulher e a vinha, o homem (lhe) dá alegria.
  • A mulher é loba no escolher.
  • A mulher e o cão de caça, procurai-os pela raça.
  • A mulher e o cristal, se se quebram uma vez, não se podem mais soldar.
  • A mulher é o cura do lar doméstico.
  • A mulher e o dinheiro dos outros é sempre melhor.
  • A mulher e o melão, o calado é o melhor.
  • A mulher e o pedrado quer-se pisado.
  • A mulher e o peixe no mar são difíceis de agarrar.
  • A mulher e o rapaz são pouco amigos da paz.
  • A mulher e o reino não se podem bem partir.
  • A mulher e o vidro estão sempre em perigo.
  • A mulher e o vinho enganam o mais fino.
  • A mulher e o vinho fazem errar o caminho.
  • A mulher e o vinho tiram o homem de seu juízo.
  • A mulher é um animal de cabelos longos e idéias curtas.
  • A mulher é um cata-vento: vai ao vento que soprar.
  • A mulher é um ente de cabelos compridos e idéias curtas.
  • A mulher é um mal necessário.
  • A mulher é ventarola: ou nos dá bom vento, ou nos põe a viola.
  • A mulher formosa tira o nome a seu marido.
  • A mulher grávida aos três meses encobre, aos quatro quer e não pode.
  • A mulher honrada sempre deve ser calada.
  • A mulher louca mais agrada o pandeiro que a touca.
    var] A mulher louca pela vista compra a touca.
    var] A mulher louca, antes rabeca que roca.
  • A mulher muito louçã dar-se quer à vida vã.
  • A mulher não muda fé.
  • A mulher nenhum espelho chamou feia.
    var] A mulher nenhuma o espelho chamou feia.
  • A mulher ociosa nunca fez bom feito.
  • A mulher ou moça boa prata é que muito soa.
  • A mulher parida e à teia urdida, nunca lhes falta guarida.
  • A mulher que dá no homem, na terra do demo morre.
  • A mulher que muito se mira, pouco fia.
  • A mulher que não vela, não faz grande teia.
  • A mulher que não vela, não faz larga teia (o. tela).
  • A mulher que pouco fia, sempre faz ruim camisa.
    var] A mulher que sempre fia, sempre traz má camisa.
  • A mulher que te quer (o. quiser), não dirá o que em ti houver.
  • A mulher rabiadeira é como água em joeira.
  • A mulher ri quando pode e chora quando quer.
  • A mulher rogada e a olha repousada.
  • A mulher sara e adoece quando quer.
  • A mulher velha, cabeçada nova.
    var] A mulher velha, cabeçadas novas.
  • A mulher, ainda que rica seja, se é pedida, mais deseja.
  • A mulher, como a franga, que caiba na manga.
  • A mulher, inda que rica seja, se é pedida, mais deseja.
  • A mulher, o estudo, a experiência e o vinho mudam a natureza do homem.
  • A mulher, o fogo e os mares são três males.
  • A mulher, o jogo e o vinho fazem errar o caminho.
  • A mulher, por rica que seja, se a pedem, muito mais deseja.
  • A mulher, roca, e ao marido, espada.
  • A mulher, sem pôr o pé, faz pegada.
  • A muliere initium factum est peccati.
  • A mulieribus barbatis et inimicis reconciliatis careas.
  • A muller do mariñeiro, cando hai peixe ten dinero (La mujer del marinero, cuando hai pesca, tiene dinero).
  • A muller e a sardiña, canto máis pequerrechiña, máis riquiña.
  • A muller e a vaca, con dia para a casa.
  • A muller é o carniceiro médralle a carne na man.
  • A muller que se queixa, fai ben, si el lle deixa.
  • A multidão tem muitas cabeças, mas não tem cérebro.
  • A mumentu semu peghju chè A Petra Curbara.
  • A mundo condito ad Heraclii Imperatoris annum vigesimum
  • A mundo condito.
    de] Seit Erschaffung der Welt.
    fr] Depuis la création du monde.
  • A munka mindent meggyöz.
  • A muque.
  • A murmuração passa, o dinheiro fica.
  • A muro basso ognuno (ci) si appoggia.
  • A muro cadente, tutti danno un calcio.
  • A muru vasciu ognun si appoja.
  • A Müs as iar sat üsh a Uugan.
    Nordfriesland
    i] Der Mund ist früher satt als die Augen.
  • A muso secco.
  • A muss a Ding nich balde zu Pulsten (Bolzen) drehn.
  • A muss dran, und wenn a hundert halse hätte.Schlesien
  • A muss droan, hätt a glech a Brât vorm Hindern.
  • A muss Händel hon, seld a se fum Zaune brechen.
  • A muss mir knall und fall furt (fort).
  • A muss nich denken, dass andere Loite Narren sein.Schlesien
  • A muss olles beschnoppern.
  • A muss sêne Nase a allen Quark stecken.
  • A muss sich doch alêne auszîn, und wenn a nuch so bêse wär.
    i] Er muss sich doch alleine ausziehen und wenn er noch so böse wäre.
  • A muss wos hoan (haben) und wenn a 's ôg selde vum Zaune breche.
    Er muss Streit haben und sollte er ihn selbst vom Zaune brechen.
  • A must have.
  • A mute bird makes no omen.
  • A Mutter müß huben a breit Vartüch (Schürze), die Chesrojnes vün die Kinder züzüdecken.
    i] Chesrojnes, Plural von Chassuren = Fehler.
  • A mutzt' em a Ding balde uf.
  • A Muudi fulge, al skal'k uk efterslebbe.
    Amrum
    i] Der Mode folgen, soll ich auch nachschleppen.
  • A muvra ùn porta tintenne.
  • A muy porfiado pedir, no hay que resistir.
  • A n'en pas douter.
  • A n'en plus finir.
  • A Nadel känn män in a Sack nit behalten.
    Jüdisch-deutsch
    i] Angeborene, auch wohl anerzogene Fehler lassen sich auf die Dauer nicht verbergen; sie kommen immer zum Vorschein, wie die Nadel in einem Sack.
  • A nadie debe extrañar que en marzo empiece a tronar.
  • A nadie hace daño el vino, si se bebe con tino.
  • A nadie has de decir cuánto tienes, dónde lo tienes, ni adónde piensas ir.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone