Portugiesische Weisheiten 20


Florim com florim faz bom tintim.

Foge a boca para a verdade.

Foge a lngua para a verdade.

Foge da mulher que sabe latim e da burra que faz him.

Foge da ocasio, evitars a tentao.

Foge das ms companhias e sers de todos espelho.

Foge das ocasies, eu te livrarem das tentaes.

Foge de burra que faz him, e de mulher que sabe latim.

Foge de contas com parentes e de dvidas com ausentes.

Foge do burro de quatro sinais.

Foge do feio e do porcino, da botica e do remdio.

Foge do maldizente como da serpente.

Foge do mau vizinho e do excesso de vinho.

Foge dos ces que no ladram.

Foge, co, que te fazem baro! Mas para onde, se me fazem visconde?.

Foges de quem te quer bem, e queres bem a quem te mata.

Fogo de palha no dura.

Fogo viste, lingia.

Foi buscar l e saiu tosquiado.

Foi buscar l e voltou tosquiado.

Foi como a sardinha, para fugir sert, caiu nas brasas.

Foi Maria fonte, teve que contar todo o ano.

Foi Maria fonte, teve que contar todo o dia.

Foi Maria ao banho, teve que contar todo o dia.

Foi palavra que Deus disse: quem ganhasse que se risse.

Foi para o belelu.

Foi pior a emenda que o soneto.

Foice nova roa bonito.

Foi-lhe o negcio com vento em popa.

Foi-lhe um anjo vindo do cu.

Foi-me um cavalo na guerra.

Foi-se embora a caridade, s ficou a carestia.

Foi-se sem chus nem bus.

Folga o po debaixo do nevo.

Folga o trigo debaixo da neve como a ovelha debaixo da pele.

Folga o trigo debaixo da neve, como a ovelha debaixo da pele.

Folgar, galinhas, que morto o galo.

Folgar, galinhas, que o galo na vindima.

Folguemos enquanto podemos, outra hora choraremos.

Folguemos enquanto podemos, que noutra hora choraremos.

Folha seca fazendo zoada sinal de vento.

Folha velha sabe cortar.

Folhinha e noivado s prestam um ano.

Folosas querem dar nos grous.

Fome de caador, sede de pescador.

Fome de rio, sede de mato.

Fome e esperar fazem rabiar.

Fome e frio entregam o homem ao seu inimigo.

Fome e frio metem a pessoa com seu inimigo.

Fome e frio, mete-te com teu inimigo.

Fome que espera fartura no fome.

Fome que se satisfaz com ceia no fome.

Fomos por l e viemos tosquiados.

Fora de horas urinar sinal de enfermar.

Formiga corta longe de casa.

Formiga sabe a folha que ri.

Formiga sabe em que roa come.

Formiga sabe que folha come.

Formiga tem catarro.

Formiga, quando se quer perder, cria asas.

Formosa de rosto a que boa de seu corpo.

Formoso e aleivoso.

Formosura de mulher no enriquece o homem.

Formosura de mulher no faz ser rico.

Formosura pouco dura.

Formosura sem virtude flor sem perfume.

Forno feito, vintm no corucho.

Forte como um touro.

Fortuna vria, hoje a favor, amanh contrria.

Fraca a ovelha que no pode com a l.

Fraco o co que no come a carne que lhe do.

Fraco o co que no pega em osso.

Fraco o Maio que no rompe uma croa.

Fraco o Maio se o boi no bebe na pegada.

Fraco o padeiro que diz mal do seu po.

Fraco todo poder, se unio falece.

Frade e mulher, duas garras do diabo.

Frade modesto nunca chega a prior.

Frade pido e gato ladro esto cumprido a sua obrigao.

Frade que chega tarde, perde a rao.

Frade que no chega hora, perde a rao.

Frade que no chega a horas, perde a rao.

Frade que pede para Deus, pede para dois.

Frade, freira e mulher rezadeira: trs pessoas distintas e nenhuma verdadeira.

Francs no de natura, se no quebra o que assegura.

Franga que canta, quer galo.

Franga se aninhou, quer pr.

Frango em Janeiro, vale um carneiro.

Frango na panela de pobre desgraa certa: doena do pobre, bouba do franguinho ou raiva do vizinho.

Frangote rei em seu poleiro.

Fraqueza dar ajuda ao mais potente.

Fraqueza no vcio, mas conduz ao precipcio.

Frei Toms, faam o que ele diz, mas no faam o que ele faz.

Freio de ouro no melhora o cavalo.

Freiras e frieiras, co-las e deix-las.

Frigir a carne de porco com a banha do mesmo porco.

Frigir a carne do porco com a banha do mesmo porco.

Frio a valer, trabalhar para aquecer.

Frio de mo, quente de corao.

Frio no quebra osso, e chuva no quebra costela.

Frio, focinho e bico no fazem ningum rico.

Fruta de caroo tem osso.

Fruto proibido mais apetecido.

Fruto proibido mais querido.

Fruto proibido o mais apetecido.

Frutos e amores os primeiros so os melhores.

Frutos e amores, os primeiros so os melhores.

Fugi do alcaide, ca no meirinho.

Fugi do gago na sua braveza, e dos que andam sempre a rir, e dos que assinalou a natureza.

Fugi do lobo, ca no arroio.

Fugi, gaivotas, que a vem o diabo de botas.

Fugir como o diabo da cruz.

Fugir da volta do touro.

Fugir de justias novas e chamins velhas.

Fugir do fogo, cair nas brasas.

Fugir do fumo, cair no fogo.

Fugir do homem orgulhoso que se envergonha de verter lgrimas.

Fugir do juiz confessar pecado.

Fugir do lodo e cair no arroio.

Fugiu da chuva e caiu no molhado.

Fugiu de Cila, caiu em Caribde.

Fugiu do alcaide, topou com o meirinho.

Fugiu do lodo, caiu no arroio.

Fui casa da minha vizinha, envergonhei-me, vim para a minha e governei-me.

Fui casa da vizinha, envergonhei-me vim para a minha, remediei-me.

Fui para me benzer e quebrei o nariz.

Fui pedir ao meu vizinho envergonhei-me, voltei para casa remediei-me.

Fujo do lodo, caio no fogo.

Fumaa no assa carne.

Fumaa, mulher tarameleira e goteira pem os homens fora de sua casa.

Fumo e m cara afastam a gente de casa.

Fumo, a mulher tarameleira e a goteira pem os homens fora de sua casa.

Fumo, goteira e mulher faladora pem os homens pela porta fora.

Furtar galinha e apregoar rodilha.

Furtar o carneiro e dar os ps pelo amor de Deus.

Furtar o porco e dar os ps pelo amor de Deus.

Fusada mida a seu dono ajuda.

Gaba-te cesta rota que vais pra vindima.

Gaba-te cesto que vais feira.

Gaba-te cesto que vais vindima.

Gaba-te, cesta rota, que vais para a vindima.

Gaba-te, cesta, que vais vindima.

Gaba-te, cesto, que vender-te quero.

Gaba-te, toco, seno quem te gabar?.

Gabem-se couves que h nabos no caldo.

Gabem-se couves, que h nabos no caldo.

Gado de bico nunca fez ningum rico.

Gado de bico nunca fez o dono rico.

Gado de bico nunca fez o patro rico.

Gado e lazeira andam de feira em feira.

Gado fraco, tudo so moscas.

Gado novo quer brincar.

Gado ruim no tem desvio.

Gaiola aberta, pssaro morto.

Gaiola bonita no alimenta passarinho.

Gaiola bonita no d de comer a canrio.

Gaiola bonita no faz cantar o canrio.

Gaivotas em terra sinal de tempestade.

Gaivotas em terra, tempestade no mar.

Gaivotas em terra: tempestade no mar.

Galgo barcino, muito velhaco ou muito fino.

Galgo bom, no lhe escapam as lebres.

Galgo que muitas lebres levanta, nenhuma mata.

Galgo, compr-lo, no cri-lo.

Galho muito carregado, cedo arriado.

Galinha pedrs no a comas nem a ds.

Galinha cega, de vez em quando, acha um gro.

Galinha ciscadeira acha cobra.

Galinha come com o bico no cho.

Galinha de aldeia no quer capoeira.

Galinha de campo no quer capoeira.

Galinha de mato no quer capoeira.

Galinha de olho torto procura cedo o poleiro.

Galinha do campo no quer capoeira.

Galinha e mulher no se deixem passear.

Galinha e peru, tudo um com arroz.

Galinha e peru, tudo um.

Galinha gorda no precisa de tempero.

Galinha gorda por pouco dinheiro no h no poleiro.

Galinha gorda, cozinha.

Galinha nanica no pe no mato.

Galinha no mata pinto.

Galinha no nasce, que no esgaravate.

Galinha pedrs que canta seu dono avanta.

Galinha preta pe ovo branco.

Galinha que cacarejou, botou.

Galinha que canta como o galo, do dono faz cavalo.

Galinha que canta, dona dos ovos.

Galinha que canta, que bota.

Galinha que canta, faca na garganta.

Galinha que canta, quer galo.

Galinha que canta, quer pr.

Galinha que em casa fica, sempre bica.

Galinha que muito canta poucos ovos pe.

Galinha que muito cisca termina arranjando cobra.

Galinha que muito cisca, acaba na boca da cobra.

Galinha que no canta, papa o ovo.

Galinha rica tudo o que v, cobia.

Galinha tem de muita cor, mas todo ovo branco.

Galinha todo dia enjoa.

Galinha velha ainda d bom caldo.

Galinha velha d bom caldo, mas franga nova faz galo velho cantar.

Galinha velha d bom caldo.

Galinha velha que d bom caldo.

Galinha velha faz boa cozinha.

Galinha velha faz bom caldo.

Galinha vesga procura cedo o poleiro.

Galinhas de S. Joo, pelo Natal, ovos do.

Galo bom no gordo.

Galo bom nunca foi gordo.

Galo cantou foram de hora, moa que est dando o fora.

Galo cantou, moa arribou.

Galo estalou, meu servo fugiu.

Galo fecha os olhos quando canta, porque sabe a msica de cor.

Galo furtado, orelhas de fora.

Galo que canta fora de horas, faca na garganta.

Galo que fora de horas canta, faca na garganta.

Galo, antes de cantar, bate as asas trs vezes.

Ganha boa fama e deita-te na cama.

Ganha dinheiro quem tem dinheiro.

Ganha e poupa na mocidade para teres na velhice.

Ganha fama e deita-te na cama.

Ganha fama, deita-te a dormir.

Ganhai o que souberdes e poupai o que puderdes.

Ganhai pouco, mas ganhai sempre.

Ganh-lo como um preto, gast-lo como um fidalgo.

Ganham bons para ruins.

Ganhar o po com o suor do seu rosto.

Ganhe meu inimigo, e conserve eu meu filho.

Ganho e lazeira andam de feira em feira.

Ganhou o que Luzia ganhou no centeio.

Ganhou o que Maria ganhou na horta.

Ganhou o que Maria ganhou nas capoeiras.

Ganhou, mas no levou.

Garapa dada no azeda.

Garapa dada nunca azeda.

Gara altaneira, falco a apanha.

Garrafa que levou querosene no perde o cheiro jamais.

Garrafa que levou querosene nunca mais perde o cheiro.

Gasta com que no peas.

Gasta e d, Deus mandar.

Gastais largo custa alheia.

Gastar cera com ruim defunto.

Gastar cera com ruins defuntos.

Gastar com peso e medida.

Gastar largo, custa da barba longa.

Gata ruiva, assim como , assim cuida.

Gato a quem morde a cobra, tem medo corda.

Gato bradador nunca bom murador.

Gato com fome come farofa de alfinete.

Gato com fome come farpa de alfinete.

Gato com luvas no caa rato.

Gato de luvas no apanha rato.

Gato de luvas no pega rato.

Gato em jornada, ratos em patuscada.

Gato escaldado de gua fria h medo.

Gato escaldado de gua fria tem medo.

Gato escaldado de agua frio tem medo.

Gato escaldado tem medo de gua fria.

Gato escaldado, da gua fria tem medo.

Gato escondido, com rabo de fora.

Gato furtado, orelhas de fora.

Gato gordo no apanha rato.

Gato miador no bom caador.

Gato miador, nunca bom caador.

Gato miador, nunca bom murador.

Gato miador, ruim caador.

Gato muito miador pouco caador.

Gato nasce com unhas e de olhos fechados, mas no arranha sua me.

Gato pede miando e come rosnando.

Gato que cobra morde, tem medo corda.

Gato que mia, quer carne.

Gato que nunca comeu azeite, quando come, se lambuza.

Gato que nunca comeu azeite, quando o come se lambuza.

Gato ruivo, do que usa, cuida.

Gato ruivo, do que usa, disso cuida.

Gato sem unha no arranha.

Gato sem unha no briga.

Gato sonso d unhada e esconde a unha.

Gato tem sete vidas.

Gato velho gosta de leite.

Gato velho no quer seno murganho.

Gato, quando no morde, arranha.

Gavio pega pinto, mas respeita galo.

Gavio sopeiro morre de chumbo.

Geada na lama neve na cama.

Geada na lama: chuva na cama.

Geada na lama: chuva reclama.

Generoso como ningum aquele que menos tem.

Gengiva desenganada corta mais do que dente.

Gnio e figura, at a sepultura.

Genro, pelo papo vai me tangendo.

Gente baixa s tem olho no interesse.

Gente bruta metida a sbia.

Gente do Minho veste pano fino.

Gente gorda, trabalho magro.

Gente nova e burros velhos botam o mundo a perder.

Gente rica e grossa tira o p do lodo.

Gente ruim no h mister chocalho.

Gente ruim no precisa de chocalho.

Gente tola e touros: paredes altas.

Gente velha papel queimado.

Gentileza gera gentileza.

Gesto de ouro, cabelos de prata, e olhos de escarlata (=Velho doente e rameloso).

Girar de moca em moca.

Glria v floresce, e no gradece.

Glria v, cresce mas no gradece.

Goiabada sem queijo como abrao sem beijo.

Goraz de Janeiro, vale carneiro. (Os escalos em Janeiro tm sabor de carneiro. Solha em Janeiro, melhor do que carneiro.).

Gordura formosa.

Gordura formosura, magreza beleza.

Gordura formosura.

Gordura no fartura.

Gorra descoberta ganha vontade.

Gostamos de falar do que nos aflige.

Gostar de mulher no defeito.

Gostar no fartar.

Gosto no se discute.

Gostos no se discutem.

Gota a gota, a talha se esgota.

Gota a gota, o mar se esgota.

Gota a gota, o tonel se esgota.

Gota e gota, o mar se esgota.

Gota mal de rico; cura-se fechando o bico.

Goteira que enche bacia.

Governa a tua boca, conforme a tua bolsa.

Governa Maria, em casa vazia.

Governador cobioso faz desvergonhada a justia.

Governa-se a boca, conforme a bolsa.

Governa-te bem, e governars os outros.

Governo, para ser bom, precisa haver passado.

Goza o teu pouco, enquanto mais busca o louco.

Graa d em desgraa.

Graa de olhos fora peitos livres a dar o corao de graa.

Graa de olhos tarde envelhece.

Graas a Deus, muitas, graas com Deus, poucas.

Gramtico desfavorecido no tem assado e come cozido.

Grande a nau, grande a tormenta.

Grande amor, grande labor.

Grande aparato, pequeno recato.

Grande bem me quer minha mulher, se da banda do pinhal h dinheiro que lhe dar.

Grande bota, grande palmilha.

Grande calma, sinal de gua.

Grande carga em fraca besta, dizem os corvos: nossa esta.

Grande carga leva a carreta, maior a leva o dono desta.

Grande cozinha, de pobreza adivinha.

Grande cozinha, de pobreza avizinha.

Grande cozinha, pequeno testamento.

Grande o maro, e no d palha nem gro.

Grande esforo em pequeno corpo.

Grande gabador, pequeno fazedor.

Grande homem leva o pequeno.

Grande mar, grande tormenta.

Grande nau, grande perigo.

Grande nau, grande tormenta.

Grande p e grande orelha, sinal de grande besta.

Grande pedra, pequena pedra, trs homens volta dela.

Grande prazer no escusa comer.

Grande saber no escutar e comer.

Grande saber no falar e comer.

Grande saber : no escutar e comer.

Grande sandice pobre viver para rico morrer.

Grandes rvores do mais sombra que fruto.

Grandes atoardas, tudo nada.

Grandes caminhadas, grandes mentiras.

Grandes desgostos e tormentos acompanham os maus casamentos.

Grandes discursos no provam grande saber.

Grandes faladores, maus administradores.

Grandes louvores, sem inteireza, se ganham.

Grandes males exigem grandes remdios.

Grandes viagens, grandes mentiras.

Gro a gro enche a galinha o paparro.

Gro a gro enche a galinha o papo.

Gro a gro, a galinha enche o papo.

Gro a gro, enche a galinha o papo.

Gro a gro, tambm se chega a milho.

Gro a gro, tambm se chega a um milho.

Gro de milho, em boca de asno.

Gravata de jumento chocalho.

Graveto tambm lenha.

Grilhes, nem de ouro.

Guai de quem m fama cobra.

Guarda da loba, quando se enoja.

Guarda da volta do touro.

Guarda de comer e no de que fazer.

Guarda do calor o que guarda do frio.

Guarda do co que manqueja.

Guarda do lobo, quando se enoja.

Guarda enquanto moo, achars na velhice.

Guarda hoje, que ters amanh.

Guarda moo, achars velho.

Guarda na mocidade para a velhice.

Guarda o que comer no guardes que fazer.

Guarda o que no presta, achars o que precisas.

Guarda o que no presta, achars o que te preciso.

Guarda o que no presta, ters o que desejas.

Guarda o que no queres, achars o que quiseres.

Guarda o que puderes, ters o que quiseres.

Guarda o teu dinheiro para o mau tempo.

Guarda para Maio o teu melhor saio.

Guarda prado, criars gado.

Guarda que comer e no guardes que fazer.

Guarda que comer nao guardes que fazer.

Guarda que comer, no guardes que fazer.

Guarda que comer.. no guardes que fazer.

Guarda que fazer e no guardes de comer, que o comer azeda-se, e o trabalho no.

Guarda retalho e ters seda.

Guarda retalhos e ters seda.

Guardado o que Deus d.

Guardado o que Deus guarda.

Guardado est o bocado para quem o h de comer.

Guardado est o bocado para quem o h-de comer.

Guardado est o que Deus guarda.

Guardando a lngua, se guarda a concrdia.

Guardar conservar.

Guardar os dias santos.

Guardar que comer, e no que fazer.

Guardas-me um segredo, amigo? Melhor mo guardas, se to no digo.

Guarda-te da ira de um homem paciente.

Guarda-te da traseira da mula, da ilharga do carro, da dianteira do frade, e de vento que entra pelo buraco.

Guarda-te da volta do touro.

Guarda-te daquele a quem Deus assinalou.

Guarda-te daqueles que a natureza assinalou.

Guarda-te de alvoroo do povo e de travar com doido.

Guarda-te de co que manqueja.

Guarda-te de homem que no fala e de co que no ladra.

Guarda-te de homem que no fala, de mulher que faz versos, e de co que no ladra.

Guarda-te de mau vizinho e de homem mesquinho.

Guarda-te de mau vizinho, srdido e mesquinho.

Guarda-te de traseiro de mula e de lngua de mulher.

Guarda-te de traseiro de mula, dianteira de frade, de requebros de freira, e de lngua de mulher.

Guarda-te do alvoroo do povo e de travar com o doido.

Guarda-te do boi pela frente, do burro por detrs e do frade por todos os lados.

Guarda-te do boi pela frente, do burro por detrs, e da mulher por todos os lados.

Guarda-te do boi pela frente, do burro por detrs, e do tolo por todos os lados.

Guarda-te do co que no ladra e do homem que no fala.

Guarda-te do frade e do co que no sai da grade.

Guarda-te do homem de um livro s.

Guarda-te do homem que no fala e do co que no ladra.

Guarda-te do homem que no fala, da mulher que faz versos, e do co que no ladra.

Guarda-te do inimigo reconciliado.

Guarda-te do moo grunhidor e do gato miador.

Guarda-te do tolo, se tens algum miolo.

Guarda-te dos azos, guardar-te- Deus dos pecados.

Guarda-te dos falsos profetas.

Guarde-te Deus do diabo, de olho de puta e volta de dados.

Guarde-vos Deus da ira do Senhor, do alvoroo do povo, da moa adivinha e de mulher ladina, de pessoa assinalada, da mulher trs vezes casada, do homem porfioso, de lobos em caminho, de longa enfermidade, de fsico experimentador e asno ornejador, do oficial novo e barbeiro velho, do amigo reconciliado e vento que entra por buraco, de honra minguada e de gente que no tem nada.

Guarde-vos Deus de fsico experimentador e de asno ornejador.

Guardou-se da mosca, comeu-a a aranha.

Guerra bem guerreada traz boa paz.

Guerra comeada, s Deus sabe quando acabada.

Guerra guerra.

Guerra, caa e amores, por um prazer, cem dores.

Guerra, peste e carestia esto sempre em companhia.

Guitarra, mulher e cavalo no se emprestam.

H algo de podre no reino da Dinamarca.

H casos que podem mais que as leis.

H celebridades de pouca durao: so obras das circunstncias e com elas passam.

H chuva que seca e sol que refresca.

H chuva que seca e sol que rega.

H de tudo na vinha do Senhor.

H dias felizes, mas vida feliz no h nenhuma.

H duas coisas que no tm resposta: "Ide-vos de minha casa" e "Que quereis de minha mulher?".

H feridas de condio que se curam com os instrumentos que as do.

H gosto para tudo.

H gostos para todas as coisas.

H heris no mal como no bem.

H homem como manilha que com todos trinca.

H homens a quem a fortuna vai assoprando as palhinhas.

H homens para nada, muitos para pouco, alguns para muito, nenhum para tudo.

H injrias que louvam e louvores que injuriam.

H juzes em Berlim.

H mais aprendizes que mestres.

H mais de uma maneira de se esfolar um gato.

H mais de uma Maria na terra.

H mais discpulos que apstolos.

H mais ingratos que sapatos.

H mais mars que marinheiros.

H mais Marias na terra.

H mais que se lhe diga.

H mais quem suje a casa do que quem a varra.

H mais ratoeiras que ratos.

H males que vm para bem.

H males que vm por bem e bens que por mal vm.

H males que vm por bem.

H males que vm por bens.

H mar e mar, h ir e voltar.

H mil modos de morrer, e um s de nascer.

H mouro na costa.

H mouros na costa.

H muita gente boa com quem Nosso Senhor no podia viver.

H muitas maneiras de matar as pulgas.

H muitas maneiras de matar pulgas.

H muitas Marias na terra.

H muitos burros do mesmo pelo.

H muitos diabos que se parecem uns com os outros.

H mulher espada e homem roca.

H no cime mais amor-prprio que amor.

H olhos que de argueiros se pagam.

H pau que passa pau.

<<< operone >>>


DEUTSCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79


ENGLISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20


FRANZÖSISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49


ITALIENISCH
1 2 3 4


LATEINISCH
1 2 3 4


PORTUGIESISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20


SPANISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10