Sprichwörter, Redensarten, Zitate

Proverbs - Sayings - Quotes

H

'Hätte ich gewusst,' ist ein armer Mann.
en] 'If I had known,' is a poor man.

'He who has been born has been a first man,' has had lying before his young eyes, and as yet unhardened into scientific shapes, a world as plastic, infinite, divine, as lay before the eyes of Adam himself. Carlyle.

'Hurry' and 'well' never go hand in hand.

H'rut (Heraus), säd Knût, dôr rêt (riss) he sîn Fru dat Zündlok ut.

H'rut! sä Knut, da ret he sin Frau dat Zündlock ut.

H. Heine, obwohl ein Scurra, hat doch Genie und daher auch das Auszeichnende des Genies, Naivität. Allein wenn man seine Naivität näher untersucht, findet man, dass ihre Wurzel jüdische Schamlosigkeit ist: denn auch er gehört der Nation an, von der Riemer sagt: sie schämen und grämen sich nicht.
Arthur Schopenhauer (1788-1860), Nachlaß, Neue Paralipomena, Zur Metaphysik des Schönen

H.O.P.E. = Hold On. Pain Ends.

Ha 'r ne 'n Poar Ohren, denn ging em 't Mul rund äm 'n Kopp.

Ha (un) bel mentir chi vien da lontano.

Há algo de podre no reino da Dinamarca.

Há alguma contradição em desprezar os homens, e ambicionar a sua aprovação.

Hä arbed es en Wärd.
Grafschaft Mark

Hä aß esu voll we 'n Krât (Kröte).
Köln

Ha bel mentir chi vien da lontano.
de] Gut lügen hat, wer von weither kommt.

Há bem absoluto, o mal é sempre relativo.

Ha ben pescato, ma ha preso vna rana.

Há benefícios conferidos com tal rudeza e grosseria que de algum modo justificam os beneficiados da sua ingratidão.

Hä biest op de Zang wie 'nen dude Höptelecker (oder: wie e kopott Hohn).

Ha bisogno di cucchiar longo, chi ha da mangiar col diauolo.

Hä brickt sich üm 'n Pfennig 'n Finger in 'n Arsch entzwei.

Hä brück den Halfer.
Köln
i] Brücken = necken, scheren, holländisch: bruijen, Halfer = Pächter, Halbwinner. - Sinn: Er trotzt zu seinem eigenen Nachteil, besonders gebräuchlich, wenn Kinder aus Trotz nicht essen wollen

Há casos que podem mais que as leis.

Ha cattiui occhij, e pur gli vuol fissar' al sole.

Há celebridades de pouca duração: são obras das circunstâncias e com elas (o. dias) passam.

Ha cento volte un uomo flemma e giudizio, alla centuna corre al precipizio.

Há certas mulheres que têm uma voz hermafrodita, parte masculina, parte feminina: são intoleráveis sendo loquazes e iracundas.

Há certos passatempos e prazeres ilícitos, que censuramos nos outros, mais por inveja do que por virtude.

Há chuva que seca e sol que refresca.

Há chuva que seca e sol que rega.

Há crimes felizes que são reputados heróicos e gloriosos.

Há de se ganhar muito com isso.

Há de tudo na vinha do Senhor.

Há defeitos que embelezam o semblante e caracteres.

Hä deit de Mûl (Maul) op, dat mer met em Heuwagen eren (hinein) fahre künnt.
Köln

Ha denkt, a is goar engelrêne. Siebenbürgen/Sachsen

Há desenganos tardios que chegam já sem proveito e para nosso maior tormento.

Ha detto giusto chi disse che l'anima e il corpo sono due nemici che non si possono separare, e due amici che non si possono vedere.

Há dias em que cair é uma sorte.

Há dias em que nos admiramos da fertilidade do nosso espírito, outros em que nos espanta a sua esterilidade.

Há dias felizes, mas vida feliz não há nenhuma.

Hä driéht (dreht) sich wie der Wimpel om Däch.
Bedburg

Há duas coisas que não têm resposta: 'Ide-vos de minha casa' e 'Que quereis de minha mulher?'

Há economias ruinosas, como prodigalidade(s) proveitosas.

Ha ella tratti seco nel malanno.

Há em nós duas individualidades, uma corporal e outra intelectual; esta se distingue amplamente daquela, quando sonhamos dormindo: este dualismo foi reconhecido em todos os tempos pelo gênero humano.

Há em nós uma substância imortal e indestrutível, ela constitui o fundo essencial de toda a fábrica fenomenal dos nossos corpos.

Há empregos em que é mais fácil ser homem de bem, que parecê-lo ou fazê-lo crer.

Há enganos que nos deleitam, como desenganos que nos afligem.

Há erros, como doenças hereditárias, que lavram e se propagam por muitas ou inumeráveis gerações.

Hä es 'ne Geck, un weiß et nit, un säd mer't imm, dann gläuv hä't nit.
Köln

<<< list home >>>