DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • Ao menos suporta com paciência, se não podes suportar com prazer.
  • Ao menos, entendo que entendo.
  • Ao mentiroso convém ter boa memória.
  • Ao mentiroso não se guarda verdade.
  • Ao mentiroso não vale verdade falar.
  • Ao mesmo passo.
  • Ao mesmo ponto.
  • Ao mesmo tempo soprar e engolir é coisa sempre difícil.
    var] Ao mesmo tempo.
  • Ao mestre, a reverência, e aproveita sua experiência.
  • Ao meu inimigo livre Deus de pleitos, e a mim, dele e deles.
  • Ao moço de frade procura-lhe comida, não lhe procures trabalho.
  • Ao moço e ao galo, um ano.
  • Ao moço mal mandado, pôr-lhe a mesa e mandá-lo ao recado.
  • Ao moinho vai a água.
  • Ao morto tudo sobra.
  • Ao mover tua mão para o trabalho, então invoca a sorte.
  • Ao nascermos já morremos.
  • Ao nascermos, a terra nos recebe; nascidos, nos alimenta, e finalmente mortos, nos acolhe em seu seio.
  • Ao nascermos, começamos a morrer.
  • Ao natural.
  • Ao necessitado dá em dobro quem dá sem delonga.
  • Ao olho doente até a luz incomoda.
  • Ao olho é sempre agradável ver a pessoa amada.
  • Ao outro dia.
  • Ao ouvido.
  • Ao país interessa que os crimes não permaneçam impunes.
  • Ao paladar/gosto de alguém.
  • Ao pároco são devidos os dízimos.
  • Ao passo que.
  • Ao pastor fraco, o lobo sabido lhe rouba a ovelha.
  • Ao pé da letra.
  • Ao pé da silveira padece a videira.
  • Ao pé de tomateiros não há maus cozinheiros.
  • Ao pé de.
  • Ao pé do feto não busques tâmaras.
  • Ao pecado velho, penitência nova.
  • Ao peito.
  • Ao peixe fresco, gasta-o cedo, e havendo tua filha crescido, dá-lhe marido.
  • Ao pensamento é permitido ir aonde quiser.
  • Ao pequeno convém coisas pequenas, mas há encanto nas coisas pequenas.
  • Ao pequeno passarinho, pequeno ninho.
  • Ao perdido, perder-lhe o sentido.
  • Ao perigo com tento e ao remédio com tempo.
  • Ao picar/pintar da faneca.
  • Ao pobre até os cães latem.
  • Ao pobre e ao nogal todos fazem mal.
  • Ao pobre é proveitoso acompanhar com o poderoso.
  • Ao pobre falta muito, (e) ao avaro, tudo.
  • Ao pobre não é proveitoso acompanhar o poderoso.
  • Ao pobre não prometas, e ao rico não faltes.
  • Ao pobre o ouro se transforma em cobre.
  • Ao pobre, até os cães lhe mijam nas botas.
    var] Ao pobre, até os cães lhe mijam nas pernas.
  • Ao pôr do sol.
  • Ao porco e ao genro, mostra-lhe a casa, e virá cedo.
  • Ao ppeggio nun c'è fine.
  • Ao preço do custo.
  • Ao primeiro canto do galo fugiu a mulher do Gonçalo.
  • Ao que afirma, não ao que nega, incumbe a prova.
  • Ao que comer demais, abre-lhe o garfo a cova.
  • Ao que erra, perdoa-lhe uma vez, mas não três.
    var] Ao que erra, perdoa-o uma vez, mas não três.
    var] Ao que erra, perdoar uma vez, mas não mais.
  • Ao que está feito, remédio; ao por fazer, conselho.
  • Ao que faz mal, nunca lhe faltam achaques.
    var] Ao que faz mal, nunca lhe faltaõ achaques.
    var] Ao que faz mal, nunca lhe faltarão achaques.
  • Ao que governa com mais suavidade se obedece melhor.
  • Ao que já tem, dar-se-lhe-á, e ao que não tem, ainda o que tem se lhe tirará.
  • Ao que mal vive, o medo o persegue.
    var] Ao que mal vive, o medo o segue.
  • Ao que muitos burros toca, sempre algum lhe fica atrás.
  • Ao que não é leal no pouco não confies o muito.
  • Ao que obra não se lhe conta o jornal por graça, mas por dívida.
  • Ao que tem, se lhe dará, e terá em abundância.
  • Ao que vai à adega, por vez se lhe conta, beba ou não beba.
  • Ao quinto dia verás que mês terás.
  • Ao realengo.
  • Ao rei pertence usar de franqueza, pois tem por certo não cair em pobreza.
  • Ao renunciante não se dá regresso ao seu direito.
  • Ao revés a vestir, ande-se assim.
  • Ao revés.
  • Ao Rey pertence usar de franqueza, pois tem por certo naõ cahir em pobreza.
  • Ao rico falta muito, ao ambicioso falta tudo.
  • Ao rico mil amigos se deparam, ao pobre seus irmãos o desamparam.
  • Ao rico não devas, (e) ao pobre não prometas.
  • Ao rico sobejam-lhe os amigos.
  • Ao rico, crescem-lhe os bois.
  • Ao rigor deve-se preferir a eqüidade.
  • Ao romper da aurora.
  • Ao romper do dia/da manhã.
  • Ao ruim falta pousada, quer fora, quer em casa.
  • Ao ruim não há ruim e meio.
  • Ao ruim quanto mais lhe rogam, mais se estende.
  • Ao ruim, não há mal que lhe chegue.
  • Ao ruim, quanto mais (se) lhe rogam, mais se estende.
  • Ao ruim, ruim e meio.
  • Ao sábado à noite, Maria dá cá a roca.
  • Ao sábio dói mais ser desprezado que espancado.
  • Ao sabor da maré.
  • Ao sabor do destino.
  • Ao se discursar, não se deve visar à abundância, mas ao equilíbrio.
  • Ao Senhor, que é muito bom e muito grande.
  • Ao servo mais vale obedecer ao senhor que dar-lhe conselho.
  • Ao servo mau convém punição e ao bom, bom galardão.
  • Ao singelo.
  • Ao soldado desconhecido.
  • Ao som de.
  • Ao sucesso convém um coração generoso.
  • Ao te ver, a pessoa temerá o azar.
  • Ao temperares o vinho, não acrescentes água em excesso.
  • Ao tempo que.
  • Ao terceiro dia, maior dor na ferida.
  • Ao termo de.
  • Ao teu amigo, se te guarda puridade, dize-lhe a verdade.
  • Ao teu criado não fartes de pão, não pedirá queijo.
  • Ao teu filho, à tua mulher, ao teu irmão, ao teu amigo, não dês em tua vida poder sobre ti.
  • Ao teu jeito.
  • Ao todo.
  • Ao tolo dói mais ser desprezado que espancado.
  • Ao trabalho tudo se junta.
  • Ao trabalho, a riqueza; a miséria à preguiça.
  • Ao valente e fiel nada é difícil.
  • Ao velho dá sempre uma moça virgem.
  • Ao velho junta sempre uma moça na flor da idade.
  • Ao velho recém-casado, rezar-lhe por finado.
  • Ao velho, muda-lhe o ar, vê-lo-ás acabar.
  • Ao vencedor darei a comer da árvore da vida.
  • Ao vencedor, as batatas.
  • Ao vencer, aprendi que em um momento as grandes coisas podem aniquilar-se.
  • Ao verão, taverneira; ao inverno, padeira.
  • Ao vilão, dá-lhe o pé, tomar-te-á a mão.
    var] Ao vilão, dá-se o pé, ele quer a mão.
    var] Ao vilão, dá-se-lhe um pé, e toma-nos a mão.
    var] Ao vilão, dão-lhe o pé e toma a mão.
    var] Ao vilão, se deres o dedo, tomar-te-á a mão.
    var] Ao vilão, se deres o pé, tomar-te-á a mão.
    var] Ao vilão, se deres um dedo, tomar-te-á a mão.
    var] Ao vilão, se lhe deres o dedo, tomar-te-á a mão.
  • Ao vivo tudo falta, e ao morto tudo sobra.
  • Ao vivo.
  • Ao/de viés.
  • Ao/de/em redor.
  • Ao/em derredor de.
  • Ao/em redor de.
  • Ao/fora do alcance da compreensão/inteligência.
  • Ao/fora do alcance da lei.
  • Ao/fora do alcance da mão.
  • Ao/fora do alcance da vista.
  • Ao/fora do alcance da voz.
  • Ao/fora do alcance das forças.
  • Ao/fora do alcance de uma pessoa.
  • Ao/fora do alcance do ouvido.
  • Ao/pelo contrário.
  • Ao/pelo preço da chuva/da chuva no inverno.
  • Ao/pelo preço da uva mijona.
  • Ao/pelo/quando menos.
  • Aoga sepile ja kikkaga veskile.
    de] In der Morgendämmerung zur Schmiede und mit dem Hahn (d. i. dem ersten Hahnenschrei) zur Mühle.
  • Aonde a galinha tem os olhos, tem os ovos.
  • Aonde a galinha tem os ovos, lá se lhe vão os olhos.
  • Aonde a razão não se ouve, doido é quem não se cala.
  • Aonde a vaca vai, o boi vai atrás.
  • Aonde alhos há, vinho haverá.
  • Aonde as dão, aí se fazem.
  • Aonde as dão, aí se pagam.
  • Aonde está o galo, não canta a galinha.
  • Aonde está o papa, aí é Roma.
  • Aonde falta o poder, ninguém pode responder.
  • Aonde força não há, direito se perde.
  • Aonde fores ter, farás como vires fazer.
  • Aonde fores ter, faz como vires fazer.
  • Aonde fores ter, faze como vires fazer.
  • Aonde há bom saber, poucas vezes há que repreender.
  • Aonde há duas vontades, não pode haver união.
  • Aonde há filhos, nem parentes, nem amigos.
  • Aonde há vontade, não voga a razão.
  • Aonde hirá o boi, que naõ lavre, pois que sabe?
    en] Where shall the ox go bid he must labour, since he knows how?
  • Aonde irá o boi que não are?
  • Aonde irá o boi que não lavra, pois que sabe?
  • Aonde irá o boi que não lavra?
  • Aonde me vai bem, aí tenho pai e mãe.
  • Aonde não chega o homem, chega o grito.
  • Aonde não há virtude, não há honra.
  • Aonde o amo fala, tudo cala.
  • Aonde o ouro fala, tudo cala.
  • Aonde perdeste a capa, aí a cata.
  • Aonde perdeste a capa, daí te guarda.
  • Aonde quer que vás, como vires fazer, farás.
  • Aonde quer que vás, seguir-te-ei sempre como uma sombra.
  • Aonde se dá, aí se leva.
  • Aonde se dão estocadas, aí se apanham.
  • Aonde se fazem, aí se pagam.
  • Aonde se quebrou o pote, aí procura a rodilha.
  • Aonde te conhecem, honra te fazem.
  • Aonde te querem muito, não vás a miúdo.
    var] Aonde te querem muito, não vás amiúde.
  • Aonde vai a inclinação, aí vai a sentença.
  • Aonde vai o ferro, vai a ferrugem.
  • Aonde vais mal? Aonde há mais mal.
  • Aonde vais, língua, tu que constróis a cidade e logo a arrasas.
  • Aonde vais, mal? Onde há mais mal.
  • Aonde vas, mal? Adonde más hay.
  • Aone Dust un Vallerjaon (Baldrian, lat. Valeriana) hädde de Kopp im Nacken stohn.
    Westfalen
  • Aos afortunados até os galos põem ovos.
  • Aos antigos eram permitidas muitas coisas que agora não se admitem.
  • Aos arrancos.
  • Aos baldões.
  • Aos banquetes dos amigos chegarás devagar, às desgraças chegarás depressa.
  • Aos berros.
  • Aos bobos aparece Santa Maria.
  • Aos bochechos.
  • Aos bordos.
  • Aos bravos a própria Vênus ajuda.
  • Aos cavalos e às mulheres, é guardá-los de alugueres.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone