DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • 'Aitüma' öeldakse tüma leiva eest.
    de] 'Danke' sagt man für weiches Brot.
  • 'Auch Sie sind ein Optimist, der da glaubt und hofft, daß die Welt untergeht.' Nein, sie verläuft nur wie mein Angsttraum, und wenn ich erwache, ist alles vorbei.
    Karl Kraus (1874-1936), Aphorismen. 1915
  • 'Auch' sagte Ulrich und sah ihr zu. Die Liebe ist ursprünglich ein einfacher Annäherungstrieb und Greifinstinkt. Man hat sie in die zwei Pole Herr und Dame zerlegt, mit irrsinnigen Spannungen, Hemmungen, Zuckungen und Ausartungen, die dazwischen entstanden sind. Wir haben von dieser aufgeschwollenen Ideologie heute genug, die fast schon so lächerlich ist wie eine Gastrosophie. Ich bin überzeugt, die meisten würden es gern sehn, wenn diese Verbindung eines Hautreizes mit dem gesamten Menschentum wieder rückgängig gemacht werden könnte, Agathe! Und bald oder später kommt ein Zeitalter schlichter sexueller Kameradschaft herauf, wo Knabe und Mädchen einträchtig-verständnislos vor einem alten Haufen zerbrochener Triebfedern stehen werden, die früher Mann und Frau gebildet haben!'.
    Robert Musil (1880-1942), Der Mann ohne Eigenschaften
  • A 'a casa cu' 'o sole nun trase duttore.
  • A 'cchiappa' le mosche!
    var] Ad acchiappare le mosche!
  • À 'l'exact pris pour le vrai' (Victor Hugo), on peut opposer le vrai pris pour le tout.
  • A 'n cian che lécia cénder, no ge sporger ciarn da vénder.
  • A 'o ppeggio nun c'è fine.
  • A 'should' is a 'have to' with no teeth; it is dead energy.
    Ruth Ross
  • A 'thank you' doesn't pay the fiddler.
  • A ... and a half.
  • A ... in a million/thousand.
  • A 1.
  • A 15 ans jeune fille rit, à 20 ans elle choisit, à 25 ans elle s'accommode, à 30 elle prend ce qu'elle trouve.
  • A 15 de marzo da el sol en la umbría y canta la golondrina.
  • A 20 ans on a la gueule de ses parents, à 40 ans on a la gueule de son âme.
  • A 25 ans c'est fichu, personne n'en veut plus.
  • A 60 ans, ni saignée ni bain.
  • A a donna è a mula matta teni sempri i guidi tratti.
  • A a donna pazza, piace più u cimbalu chè u frenu.
  • A a fame hè prestu ridottu, chì s'imbarca senza biscottu.
  • A a fame hè ridottu chì s'imbarca senza biscottu.
  • A a fica zemba (chì ghjemba) ugnunu ci s'arremba.
  • A a fica zemba, ugnunu s'arremba.
  • A a fine di tanti guai un lucchese ùn manca mai.
  • A a grazia di Diu.
  • A a luna sittembrina, sette lune ci s'inchina.
  • A a malmegliu.
  • A a muta.
  • A a mutesca.
  • A a Petra si spula, in Alisgiani ci colla a pula.
  • A ab-rogação.
  • A abad sin ciencia y sin conciencia, no le salva la inocencia.
  • A abastança faz fastio.
  • A abelha é pequena entre os seres que voam, mas o produto dela é o que há de mais doce.
  • A abelha não leva chumbo.
  • A abóbada celeste é órbita sem fim.
  • A abril alabo, si no vuelve el rabo.
  • A abril con sus chaparrones, sigue mayo con sus flores.
  • A abril, desearle por lluvioso y temerle por vil.
  • A abundância cria a arrogância.
  • A abundância cria fastio.
  • A abundância das coisas produz a abundância das palavras.
  • A abundância de alimentos entorpece a inteligência.
  • A abundância gera desprezo.
  • A abundância gera violência; a ignorância reunida com o poder gera a loucura.
  • A abundância não deixa dormir o rico.
  • A abundância no falar.
  • A abundância traz a saciedade.
  • A abundância traz preguiça.
  • A abundância verbal não combina com a razão.
  • A abundância verbal, se não combina com a razão, não ajuda, até prejudica.
  • A abundância verbal.
  • A abundância, como a necessidade, arruína muitos.
  • A ação avança conforme o plano.
  • A ação da lei é mais firme e mais eficaz do que a vontade do homem.
  • A ação deve ser planejada e realizada tendo em vista seu resultado.
  • A ação é uma como linguagem do corpo.
  • A ação não será honesta, se não for honesta a intenção.
  • A ação pessoal extingue-se com o indivíduo.
  • A ação, uma vez extinta, não revive.
  • A acha sai à racha, e Maria à sua tia.
  • A acha sai ao madeiro.
  • A açorda faz a mulher gorda.
  • A açorda faz a velha gorda e a menina formosa.
  • A acusação é por ter pisado a sombra do burro.
  • A adem, a mulher e a cabra, é má coisa sendo magra.
  • A adem, a mulher, e a cabra, he má cousa sendo magra.
  • A ädert mich ufn Tûd.
  • A admiração é filha da ignorância.
  • A admiração gera o amor.
  • A admiração gera o conhecimento.
  • A admiração, como a chama, diminui desde que não cresce.
  • A adoção é um ato legítimo, que imita a natureza, pelo qual buscamos filhos para nós.
  • A adulação alimenta os vícios.
  • A adulação degenera sempre em ingratidão.
  • A adulação é aquele perpétuo mal dos reis, cuja grandeza muitas vezes mais destruiu a lisonja que o inimigo.
  • A adulação é sempre companheira do sucesso.
  • A adulação tem princípios doces e fins amargos.
  • A adversidade das pessoas de bem não é ira, mas advertência de Deus.
  • A adversidade é nossa mãe; a prosperidade não é senão nossa madrasta.
  • A adversidade embeleza os caracteres que não avilta.
  • A adversidade esmaga somente aquele a quem a sorte favorável enganou.
  • A adversidade faz homens; a prosperidade, monstros.
    var] A adversidade faz o homem prudente, mas não rico.
    var] A adversidade faz o prudente, mas não o rico.
    var] A adversidade faz os heróis.
  • A adversidade faz os heróis.
  • A adversidade melhora aqueles a quem não degrada.
  • A adversidade não abate o sábio.
  • A adversidade nasce da prosperidade e esta da adversidade.
  • A adversidade nasce da prosperidade, prosperidade nasce da adversidade..
  • A adversidade um dia atinge a quem ela muitas vezes roçou.
  • A adversidade.
  • A advertência do amigo é sempre boa.
  • A advertência não deve ter aspereza, a censura não deve ter ofensa.
  • A afabilidade agrada ao povo.
  • A afabilidade doma tigres e leões.
  • A afeição cega a razão.
  • A afeição do falso é fio de navalha.
  • A afeição dos homens é variável como a fortuna.
  • A afeição é cega.
  • A afetação da virtude custa mais que o seu exercício.
  • A afinidade de corações é o melhor parentesco.
  • A afinidade de uma alma dedicada é o verdadeiro parentesco.
  • A afirmação de uma coisa é a exclusão da outra.
  • A aflição não toma conta do homem sábio.
  • A aflição segue os que fogem.
  • A aflição vos fará entender o que se ouviu.
  • A África sempre nos traz alguma novidade.
  • A África sempre traz alguma notícia má.
  • A África sempre traz alguma notícia ruim.
  • A Agaete, míralo y vete.
  • A agentes y consintientes, la misma pena se debe.
  • A agoa o dá, a agoa o leva.
  • A agoa tudo lava.
  • A agosto y septiembre, pocos les entienden.
  • A água apaga o fogo ardente, e a esmola resiste aos pecados.
  • A água apaga o fogo, e a esmola resiste aos pecados.
    var] A água apaga o fogo, e o vinho, a razão.
  • A água apaga o fogo, e o vinho, a razão.
  • A água cava a pedra dura.
  • A água cava a pedra.
  • A água colhe em joeira, quem se crê de ligeira.
  • A água corre para o mar, e as coisas para o seu natural.
    var] A água corre para o mar.
    var] A água corre para o poço.
  • A água corre sempre para o mar.
  • A água corrente esterco não consente.
  • A água corrente não mata a gente.
  • A água correu sempre para o mar.
  • A água dá, a água leva.
  • A água de trovão em parte dá, em parte não.
  • A água é a coisa mais barata que existe.
  • A água é a melhor bebida.
  • A água é agradável, quando se tem sede.
  • A água é fria, mas mais o é quem com ela convida.
  • A água é o prego da cal.
  • A água é o sangue da terra.
  • A água é para os peixes, e o minar para a toupeira.
  • A água é tal qual a terra por onde ela atravessa.
  • A água em goles moderados é mais bem-vinda à sede.
  • A água está pegando em mim.
  • A água fervida tem mais mão na vida.
    var] A água fervida tem mão na vida.
  • A água lava todos os males dos homens.
  • A água lava todos os males dos mortais.
  • A água mais profunda engole quem nada no mar.
  • A água mole cava a pedra dura.
  • A água mole em pedra dura tanto dá até que fura.
  • A água não empobrece nem envelhece.
  • A água não envelhece nem empobrece.
  • A água o dá, a água o leva.
    var] A água o dá, a água o tira.
  • A água o deu, a água o leva.
    var] A água o deu, a água o levou.
  • A água produzirá chamas, e o fogo produzirá água.
  • A água que desce não volta à sua fonte.
  • A água que passou não voltará mais.
  • A água salobra, na terra seca, é doce.
  • A água silenciosa é a mais perigosa.
  • A água tudo lava, menos as más línguas.
    var] A água tudo lava, menos quem se louva e as más línguas.
    var] A água tudo lava.
  • A água tudo lava.
  • A água vertida não é toda colhida.
  • A águia anda a caçar moscas.
  • A águia não caça moscas.
  • A águia não se detém caçando moscas.
  • A agulha é pequena e delgada, mas sustenta uma família inteira.
  • A agulha puxa a linha, a linha puxa a agulha.
  • A agulha puxa a linha.
  • A agulha veste os outros e fica nua.
  • A albarda foi posta num boi.
  • A Alcalá, putas, que llega San Lucas.
  • A Alcalá, que no hay justicia.
  • A alegria compartilhada duplica a alegria, a dor partilhada é metade da dor.
  • A alegria convém ao moço; ao velho, o rosto austero.
  • A alegria da verdade.
  • A alegria do crime é fugitiva e rápida, como a luz do relâmpago.
  • A alegria do pobre dura pouco.
    var] A alegria do pobre é um dia (só).
  • A alegria é a companheira da dificuldade superada.
  • A alegria é a saúde da alma.
    var] A alegria é a saúde da alma; a tristeza é o seu veneno.
  • A alegria é uma careta; a felicidade, um sorriso.
  • A alegria está sempre misturada com a dor.
  • A alegria vem das tripas.
  • A alegria verdadeira é coisa séria.
  • À alemã.
  • A alface nas refeições estimula o apetite.
  • A alfaiate pobre, a agulha se lhe dobra.
  • A alienação da coisa.
  • A alma do negócio é o segredo.
  • A alma está mais onde ama do que onde anima.
  • A alma está mais onde ama que onde anima.
  • A alma namorada de pouco é assombrada.
    var] A alma namorada de tudo se assombra.
  • A alma não tem segredos que a conduta não revele.
  • A alma reside onde ama e não onde anima.
  • A alma tranqüila é como um banquete contínuo.
  • A almagra dos discretos é o silêncio.
  • A alta Goiß schlegget au no gäära Salz.
  • A altr Schbecht glopft au it schlecht.
  • A altura da situação.
  • A altura.
  • A altura/à altura da situação.
  • A alturas tantas/a certa altura/a dada altura.
  • A alva neve pisam-na os cavalos; a pimenta negra, comem-na os fidalgos.
  • A ama gruñona, criada rezongona.
  • A amante que no es osado, dale de lado.
  • A amar e a rezar ninguém (se) pode obrigar.
  • A amarga bilis é expulsa por remédios amargos.
  • A amargura se mistura com a alegria.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone