• DICTUM
    a_c

  • A caballero nuevo, caballo viejo.
  • A caballo dado no le miren el diente.
  • A caballo nuevo, caballero viejo.
  • A caballo nuevo, jinete viejo.
  • A caballo regalado no le mires el diente.
  • A caballo regalado no le mires los dientes.
  • A caballo regalado no se le miran los dientes.
  • A cabeça com comer endireita.
  • A cabeça com mulher endireita.
  • A cabeça do vesugo come o sisudo, e a boga dá a tua sogra.
  • A cabeça faz os pés.
  • A cabeça manda os membros.
  • A cabeça não corra mais que os pés.
  • A cabeça quebrada, untar-lhe o casco.
  • A cabeça, branca, e o juízo, por vir.
  • A cabin with plenty of food is better than a hungry castle.
  • A cabo de cien años los reyos son villanos,
  • A cabo de cien años todos seremos calvos.
  • A cabo de ciente ydiez los villanos son reyes.
  • A cabra da minha vizinha dá mais leite (do) que a minha.
  • A cabra da minha vizinha dá mais leite que a minha.
  • A cabra da minha vizinha é mais gorda que a minha.
  • A cabra e a azenha são de quem a ordenha.
  • A cabra e o leão nunca podem fazer guerra.
  • A cabra puxa sempre para o monte.
  • A cabra safrosa corrompe todo o curral.
  • A cabra sarnenta corrompe todo o curral.
  • A cabra vai pela vinha, e por onde a mãe, a filha.
  • A cabra vai pela vinha, e por onde vai a mãe, vai a filha.
  • A caça só sai aos inocentes.
  • A caçar e a comer, não te fies no prazer.
  • A cachaça é o saca-rolhas da verdade.
  • A cackling hen doesn't always lay.
  • A cada bacorinho vem o seu S. Martinho.
  • A cada boca uma sopa.
  • A cada canto, seu Espírito Santo.
  • A cada cual da Dios el frio como anda vestido.
  • A cada dia dá Deus a dor e a alegria.
  • A cada día su afán.
  • A cada dia sua pena e sua esperança.
  • A cada dia, sua pena e sua alegria.
  • A cada feira vai um tolo.
  • A cada idade deu Deus seu ofício.
  • A cada necio agrada su porrada.
  • A cada néscio agrada o seu dito.
  • A cada pajarillo agrada su nidillo.
  • A cada panela o seu testo.
  • A cada porco agrada (a) sua pousada.
  • A cada porco vem seu São Martinho.
  • A cada puerco le llega su sabado (o. San Martin).
  • A cada puerco le viene su San Martin.
  • A cada qual Deus dá o frio conforme anda vestido.
  • A cada qual, as devidas honras.
  • A cada ruim, seu dia mau.
  • A cada santo, a sua lâmpada.
  • A cada santo, o seu candelabro.
  • A cada um agrada o seu.
  • A cada um aquilo que é seu.
  • A cada um contenta seu rosto a sua arte, e cheira bem o seu suor.
  • A cada um é lícito renunciar a um direito criado em seu favor.
  • A cada um o que é seu.
  • A cada um se dê o seu.
  • A cada um sua estrela está guardada.
  • A cada um, aquilo que é seu.
  • A cada um, o que lhe é devido.
  • A caddu curridore, sa briglia forte.
  • À cadeia, nem por coima de figos.
  • A cadela, com pressa, pariu os cachorros cegos.
  • A cader va chi troppo (in) alto sale.
    en] He who climbs too high is near a fall.
  • A caelo ad terram.
    de] Vom Himmel auf die Erde.
    de] Von einem Extrem ins andere.
  • A caelo usque ad centrum.
    de] Vom Himmel bis zur Mitte.
    fr] Du ciel au centre (de la Terre).
  • A cage made of gold does not feed the bird inside of it.
  • A caged bird set free may be caught again, a hurtful word that escapes your lips will not return.
  • A cagione di.
  • A caixa menos cheia é a que mais chocalha.
  • A caj en c'è confort o piov o tira el vent o sona mort!
  • A cake and a bad custom ought to be broken.
    fr] Gâteau et mauvaise coutume se doivent rompre.
  • A cake eaten in peace, is worth two in trouble.
  • A cake of soap.
    de] Ein Stück Seife.
  • A cal enriquece os pais e empobrece os filhos.
  • A calabroni, bisogna fuoco o acqua bollita.
  • A calamity is often a blessing in disguise.
  • A calças curtas, atacas longas.
  • A calce ad caput recurrere.
  • A calce ad carcerem.
  • A calce ad carceres.
  • A calce revocari.
    de] Wieder ins Leben zurückkehren.
    de] Wieder zu sich kommen.
  • A calci nel sedere.
  • A calf that goes with a pig will eat excrement.
  • A calf's-head will feast a hunter and his hounds.
  • A caliga ad consulatum perductus.
    Seneca de benef. 5, 16
    de] Von der Pike auf General geworden.
  • A calm night is open to all the truths.
  • A calm portends a storm.
    it] La bonaccia burrasca minaccia.
  • A calm sea does not make a skilled sailor.
  • A calm spirit will enable a man to survive even a six-month jail sentence.
  • A calma é uma virtude, se não vem da indiferença.
  • A calúnia é a arma dos invejosos.
  • A calúnia e a mentira, de Deus provocam a ira.
  • A calúnia é como o carvão: aceso, queima; apagado, tisna.
  • A calúnia é como o carvão: quando não queima, suja a mão.
  • <<< list home >>>